Os desafios durante o transporte de cargas são expostos em diversos momentos, desde o desgaste dos veículos até a satisfação dos clientes, por exemplo.

Da mesma forma que a demanda do mercado está em constante crescimento, assim deve ser o planejamento logístico e estratégico das companhias do segmento de transporte.

Cada vez mais, empresas tem investido em automatizações de tarefas para que possam ter mais assertividade nas tomadas de decisão. Por meio de um bom gerenciamento é possível se prevenir de certas adversidades. Isso porque, muitas delas são assíduas.

Atualmente no Brasil, o modal mais utilizado entre as empresas do segmento de transporte é o rodoferroviário. Isso porque, na maior parte das vezes, é a opção que mais oferece custo-benefício na hora de atender as demandas. Além disso, também permite maior facilidade na locomoção, assim como, a possibilidade de alcançar maior parte do território nacional.

Vale ressaltar que, a transportação além de beneficiar os clientes, também movimenta a economia do país. Afinal, sem esse segmento no mercado seria impossível atender a demanda de todo o setor comercial.

Em resumo, os desafios que cercam o método rodoferroviário (assim como os demais) podem apresentar grandes riscos aos negócios de sua empresa. Por isso, é importante se prevenir para possíveis problemas que a empresa possa enfrentar.

No mundo dos negócios tempo é dinheiro. E quanto mais agilidade na logística de entrega, maior será a satisfação dos clientes com sua empresa.

1. O desafio de manter clientes satisfeitos

Fazer parcerias e fidelizar clientes é a meta para a maioria das empresas. Mas, para isso que isso aconteça é importante comprometimento. Outra palavra chave nesta relação duradoura com seus clientes é empatia.

Por exemplo, quando você faz uma compra e a entrega atrasa e chega dias depois da data prevista, não é frustrante? E se for um presente para uma data importante como Dia das Mães, ou algum aniversário? É a mesma frustração que seus clientes sentem.

Claro que, no trajeto imprevistos podem acontecer, todavia, de forma alguma pode ser recorrente.

Um processo de logística eficaz, que prevê situações adversas no trajeto pode evitar clientes insatisfeitos.

Construir a imagem da empresa pode levar meses, até anos. Mas para destruir isso apenas algumas horas podem ser suficientes. Considerando que, nos tempos atuais, toda crítica é levada para as redes sociais para serem debatidas.

Desta forma, um cliente insatisfeito pode manchar todo o trabalho de uma empresa por causa de um (ou mais) atraso(s). Em resumo, a maneira mais eficaz de manter seus clientes satisfeitos é: honrar os prazos pré-estabelecidos.

2. Desgastes de veículo

Ao sair da garagem, seu veículo está automaticamente sujeito aos desgastes, por isso, realizar a manutenção preventiva é essencial. Antigamente, era um diferencial quando as empresas faziam um planejamento para agir preventivamente. Hoje em dia, é uma necessidade. Desta forma, é possível prever gastos e se programar para fazer a manutenção no momento certo.

Para evitar desgastes excessivos no veículo, dirigir defensivamente pode ajudar a conter gastos na empresa. Por isso, investir no treinamento de motoristas é essencial.

Desta maneira, eles ficam alinhados as expectativas da empresa e se policiam para ter uma direção defensiva. Outro exemplo é a calibragem. Além de garantir a segurança do veículo, carga e motorista, também ajuda a prevenir desgastes excessivos nos pneus.

Em resumo, são pequenas atitudes e hábitos que ao longo do tempo preservará o estado do veículo, além de gerar economia para a empresa.

3. Gastos excessivos com combustível

Uma das preocupações mais recorrentes dentro de empresas do segmento de transporte é, sem dúvidas, o combustível. Isso porque, o mesmo equivale ao maior custo dentro das empresas de transporte e logística.

Entretanto, existem alguns hábitos que podem ajudar na economia de combustível de sua empresa. Como por exemplo, o comportamento dos motoristas no trânsito. O desempenho deles é um fator importante, e que pode gerar economia de até 10%.

A manutenção preventiva como a troca de óleos e filtros de ar também colaboram na hora de controlar gasto com combustível. A partir destes dados é possível aprimorar as tomadas de decisão e realizar uma gestão eficiente.

Com o Controle de Combustível é possível identificar inadequações no comportamento dos motoristas, assim como, desvios das rotas, por exemplo. Esse sistema além de confiável, providencia gráficos e relatórios que são de fácil entendimento aos usuários.

4. Péssima condição das rodovias

Como citado anteriormente, o transporte rodoviário é a forma mais comum das empresas atenderem as suas demandas. Isso devido a possibilidade de chegar em praticamente todas as áreas do país por meio das estradas e rodovias.

Entretanto, este modal pode representar um desafio para as empresas. Isso porque, a infraestrutura é precária e as estradas são esburacadas, como também, carece de sinalização. Essa limitação de rotas exige do setor de logística mais tempo para realizar um bom planejamento. Além de aumentar os desgastes dos veículos e encarecer o valor pago pelo frete.

5. Assertividade nas tomadas de decisão

Na vida pessoal, às vezes um indivíduo leva tempo para tomar determinada decisão. Isso devido ao medo de fazer uma escolha errada e colher suas consequências. Da mesma forma acontece em âmbito profissional. Os gestores têm a necessidade de tomar uma decisão assertiva, e em curto período de tempo.

Partindo do pressuposto de que “toda ação tem uma reação”, dentro das empresas não seria diferente. Por isso, as companhias investem cada vez mais em automatizações de tarefas. Desta forma, podem garantir a assertividade nas tomadas em decisão. Quanto menos pessoas envolvidas nos processos empresarias, menos erros irão ocorrer.

A inteligência virtual tem a capacidade de proporcionar dados específicos e exatos em inúmeras atividades que a organização está envolvida. Desta forma, o gestor da frota terá acesso a indicadores que irão o auxiliar a tomar a decisão certa e um curto período de tempo.

Vencendo os desafios

Como falado, existem diversos fatores internos e externos que representam desafios dentro de empresas de transporte e logística. Por isso, um bom planejamento estratégico é fundamental para se prevenir das situações adversas. Em geral, seres humanos estão suscetíveis ao erro, por esta razão, empresas estão aderindo cada vez mais automatizações de funções.

Com o Frota G você pode ter controle sobre seus pneus, combustível e em breve manutenção de seus veículos.

No controle de pneus você pode gerir todos os processos que envolvem os mesmos, como movimentações, recapagens e estoque, por exemplo.

Por sua vez, a plataforma de combustível se conecta ao SEFAZ e automaticamente puxa todas as notas fiscais para a plataforma. Desta forma, é possível identificar inconsistências. Além é claro, de ter controle do consumo e saber qual veículo e motorista está gastando mais combustível.

Com relação ao controle de manutenção, você pode agir preventivamente. Desta forma, o tempo do gestor será melhor aproveitado com tomadas de decisão mais rápidas.

Assim como, relatórios precisos e um monitoramento que aponta quantos dias tem a vencer para realizar determinada manutenção, a tolerância e o que já está vencido. De maneira geral, um bom planejamento evita gastos desnecessários, bem como, mantém a confiabilidade dos clientes com a empresa.

Caso queira saber mais, você pode agendar uma demonstração online gratuita com um de nossos especialistas. Clique aqui para preencher um formulário de contato.